Governo do Estado garante R$ 120 milhões para a construção de nova travessia entre Itajaí e Navegantes

  • ITAJAÍ -
  • 20/08/2021
  • 18888 Visualizações
img

Na reunião, articulada pelo deputado Coronel Mocellin, o governador Carlos Moisés também garantiu R$ 36 milhões para a conclusão da nova ala do Hospital Marieta, de Itajaí


 


O governador Carlos Moisés garantiu, nesta quinta-feira (dia 19), apoio financeiro para viabilizar nova travessia entre Itajaí e Navegantes, um sonho antigo da região, que vive sérios problemas de mobilidade. 


Em reunião com a Amfri, prefeitos da região e secretários de Estado, ele disse que pretende ajudar com a contrapartida de R$ 120 milhões para a construção do túnel imerso. 


 


O governador determinou a criação de um grupo de trabalho com integrantes do Governo do Estado a da Associação de Municípios da Foz do Rio Itajaí (Amfri) para acelerar a implantação do Plano de Mobilidade Integrada da região. 


 


O projeto prevê três ações: a instalação de um Sistema de Transporte Coletivo Regional, a construção de um túnel imerso entre as cidades de Itajaí e Navegantes e a urbanização da orla central de Balneário Camboriú. A decisão de criar o grupo de trabalho foi tomada após uma reunião na tarde desta quinta-feira, 19, com prefeitos da região em Florianópolis.


 


“Esse é um projeto que vem ao encontro daquilo que acreditamos para promover o desenvolvimento da região. Estamos lançando um movimento a partir dessas vontades convergentes do Governo do Estado e da Amfri. Nossa ideia é viabilizar o projeto e acelerar a sua implantação. Para isso, as equipes do Governo e dos municípios vão conversar a partir do material apresentado hoje pela Amfri”, disse o governador após o encontro.


 


Segundo o pré-projeto apresentado pela Amfri, a viabilização das ações do Plano de Mobilidade Integrada depende de um financiamento internacional e envolverá a participação da iniciativa privada por meio de processos de concessão. 


 


O deputado Coronel Mocellin explica que o desafio agora é acelerar os projetos para reduzir os prazos, pois a demanda é urgente. "O que sempre foi alvo de descrença começa a tornar-se algo real. Uma obra essencial para a região, que não aguenta mais a falta de mobilidade e ficar refém do ferry baut", ressaltou Mocellin. 


Hospital Marieta


A situação da nova ala do Hospital Marieta Konder Bornhausen, em Itajaí, também foi debatida durante a reunião. Segundo o secretário de Estado da Saúde, André Motta Ribeiro, as obras físicas devem terminar em novembro. A partir daí, será feita a compra do mobiliário, com recursos do Governo do Estado, para colocar a estrutura em funcionamento, o que deverá ocorrer ao longo de 2022.


Também participaram do encontro os secretários de Estado da Fazenda, Paulo Eli, da Infraestrutura, Thiago Vieira, o chefe da Casa Civil, Eron Giordani, e os prefeitos de Porto Belo, Emerson Stein, de Balneário Camboriú, Fabrício Oliveira, de Ilhota, Erico de Oliveira, de Piçarras, Thiago Baltt, e de Navegantes, Libardoni Fronza, além dos deputados estaduais Paulinha e Ana Campagnolo.



Parceiros