Vereador de Indaial pede afastamento da Câmara, alegando problemas e saúde

O vereador Antônio Carlos Fink (PSDB) que foi preso pela pratica de furto no Supermercado BIG em Balneário Camboriú na última sexta-feira (21), pediu afastamento da presidência da mesa diretora da Casa Legislativa de Indaial por 30 dias alegando problemas de saúde.

No final da tarde desta quarta-feira (26) a Mesa Diretora da Câmara fez a análise dos ofícios recebidos da Delegacia de Polícia de Balneário Camboriú e de bancada do MDB de Indaial (que pediam o afastamento do cargo).

Mesmo que não acontecesse a apresentação de afastamento por problemas de saúde, o vereador Antônio Carlos Fink seria fatalmente afastado do cargo, pois sete vereadores entre os quais os emedebistas Sedenir Bagaio, Fábio Fritz, Ana Paula Reiter e Osvaldo Metzner, o Santo Antônio, que formalizaram o pedido e os progressistas Diego Pandini, o Diabo Loiro, Altair Brassiani e Carol Bertoldi que já estavam com outro oficio pedindo o afastamento do vereador exigiam sua saída da mesa diretora.

O vereador Flávio Molinari (PSDB) , vice-presidente da Mesa Diretora, assume interinamente o cargo de Fink conforme preceituam a Lei Orgânica e o Regimento Interno da Câmara de Indaial.

Abaixo a Nota a Imprensa

Nota Oficial da Câmara de Vereadores de Indaial

A Mesa Diretora da Câmara de Indaial se reuniu nesta data (26) para análise dos ofícios recebidos da Delegacia de Polícia de Balneário Camboriú e de bancada do MDB de Indaial.
Diante da solicitação de afastamento do presidente, vereador Antônio Carlos Fink, no final desta tarde, por motivos de saúde, assumiu a presidência interinamente o vereador Flávio Molinari, conforme preceituam a Lei Orgânica e o Regimento Interno da Câmara de Indaial.

A atual Mesa Diretora, por unanimidade, decidiu que os documentos recebidos serão encaminhados à Corregedoria da Casa, para conhecimento e providências que considerar cabíveis.
Por fim, a Câmara lamenta o ocorrido e ressalta que o assunto está tramitando no Poder Judiciário e que compete a este Poder o julgamento dos fatos.

Informações: Nova FM



Parceiros