Tijucas vai investir mais de R$ 7 milhões na construção de novas unidades escolares

  • TIJUCAS -
  • 26/11/2021
  • 7617 Visualizações
img

O Governo do Estado de Santa Catarina aprovou e já liberou recursos superiores a R$ 7 milhões ao município de Tijucas para realização de obras de infraestrutura na rede municipal de ensino.


 


De acordo com o prefeito de Tijucas, Eloi Mariano Rocha, os recursos serão utilizados na construção de um novo centro de educação infantil no bairro Praça, construção de uma nova estrutura para o Centro de Educação Infantil Mãe Aurora, no Coroado e para obras de reforma e ampliação do Centro de Educação Infantil Silvia Telles, no bairro Sul do Rio.


 


“Faço aqui um agradecimento especial ao Governador do Estado, Carlos Moisés, por ter atendido ao nosso pedido e por toda a atenção que tem dado a Tijucas em diversos aspectos. Da mesma forma, registro a gratidão do nosso município à deputada estadual Marlene Fengler por ter intermediado este processo e por ter feito chegar ao Estado a nossa demanda. A administração municipal e toda a comunidade de Tijucas agradecem aos senhores pelos recursos destinados à nossa educação”, disse o prefeito.


 


Segundo a secretária de Educação de Tijucas, Deise Juliana Silveira, a nova creche na Praça será construída para atender 360 crianças, enquanto que a Mãe Aurora, no Coroado, terá capacidade para 200 crianças e na creche Silvia Telles, no Sul do Rio, a capacidade será para 100 crianças.


 


“Estamos muito felizes pela oportunidade de aprimorar nossa educação infantil com a melhoria na infraestrutura de nossas unidades. Com a construção destas duas novas unidades, reforma de mais uma delas e com todas as melhorias que temos feito nas demais, com certeza temos garantido muito mais qualidade e conforto a todos os nossos alunos e profissionais da educação. Obrigada prefeito, deputada Marlene e governador Moisés por olharem com tanto carinho para a nossa educação”, disse a secretária.


 


Os projetos das referidas unidades escolares já estão prontos e devem ser encaminhados ao setor de licitações em janeiro de 2022


 


Imagem: Ilustrativa 



Parceiros