Cão que sofria maus tratos é morto em Itapema

  • ITAPEMA -
  • 09/09/2020
  • 8484 Visualizações
img

Uma situação de maus tratos contra um animal acabou não tendo um final positivo em Itapema. Após uma notificação realizada pelo Grupo de Operações e Resgates – GOR na última sexta-feira (04) a um proprietário de um cão no bairro Morretes, o animal foi encontrado sem vida nesta terça-feira (08) em um terreno baldio de Porto Belo.


 


Na última sexta-feira (04), o GOR foi acionado para verificar denúncia de maus tratos contra um cão no bairro Morretes, em Itapema, e no local a equipe visualizou o animal que estava desnutrido e com um abcesso no ânus.  A equipe, junto com a médica veterinária do Grupo deixou uma notificação no portão, uma vez que o proprietário não estava na residência. A equipe deu o prazo de 24 horas para o proprietário levar o animal a um veterinário.


 


No sábado (05), uma protetora entrou em contato com a equipe do GOR informando que o animal não estava mais na residência então, começou a busca pelo cão.


 


Na segunda feira (07), houve uma manifestação realizada pelas Protetoras de animais de Itapema,  equipe do GOR, representantes do Canil municipal. O proprietário do animal estava na residência e atendeu os manifestantes, informando naquele momento que havia levado o animal para o Rio Grande do Sul para ficar na casa de um conhecido. No ato, foi solicitado algumas informações do paradeiro do animal para conferencia.


 


Na terça-feira (08), o Grupo de Operações e Resgate GOR em conjunto com a Policia Civil de Itapema foram novamente até a residência onde o animal estava na sexta-feira,  afim de buscar mais informações sobre o paradeiro do animal. O proprietário do animal e seu amigo, que supostamente teria levado o animal para o estado do Rio Grande do Sul, foram intimados a prestar depoimento.


 


A todo tempo os dois afirmavam que o animal estava no Rio Grande do Sul. A equipe entrou em contato com a fundação do meio ambiente do município de Mato Leitão, no Rio Grande do Sul, uma equipe da prefeitura foi até o local, verificando que o anima não estava lá.  Na delegacia, o proprietário do animal confessou que desovou o corpo do animal no município de Porto Belo, em um matagal, mas que o animal morreu de morte natural. O proprietário não informou a polícia o porquê de estar mentindo tanto tempo.


 


O proprietário levou a equipe do GOR e da Policia Militar até onde tinha desovado o corpo, e foi confirmado se tratar do corpo do THOR, o corpo foi recolhido para destino adequado.


 


Agradecemos o apoio da Policia Civil de Itapema, Canil Municipal, do grupo Protetoras em Ação e da Polícia Militar. Cada instituição e pessoas envolvidas neste caso se dedicaram muito para que o caso fosse solucionado, infelizmente com um final triste, pois foi perdido mais uma vida.


 


O proprietário do animal responderá pelo crime de maus tratos contra animais conforme a Lei 9.605/98. Art. 32, e recebera uma multa administrativa da Fundação do Meio Ambiente de Itapema - FAACI.



Parceiros