Balneário Camboriú inicia obra emergencial para evitar alagamentos

A intenção é que os trabalhos terminem até o final da semana
A administração municipal iniciou na manhã desta segunda-feira (04), um trabalho de abertura do aterro e recuperação da área degrada no Rio das Ostras. A obra evitará alagamentos. No sábado (02), o prefeito Fabrício Oliveira esteve com a equipe de trabalho, no local, acompanhando o mapeamento da ação, que envolve Secretaria de Obras, Emasa, Secretaria do Meio Ambiente e Defesa Civil.

A intenção é que os trabalhos terminem até o final da semana.

Há duas semanas os membros do movimento Rios das Ostras Sem Enchentes têm se reunido com o prefeito Fabrício Oliveira para discutir as ações para o Rio. Um projeto de revitalização, contratado pela prefeitura, foi apresentado aos moradores da região, que também conheceram as ações emergenciais para conter os alagamentos por meio da desobstrução e aumento da calha do rio. “É uma reivindicação justa e antiga da comunidade que começa a ser atendida. Além das providências por parte do poder público, como a realização de um estudo e essa obra que estamos executando, firmamos nestes encontros um pacto com os membros da comunidade para que auxiliem na conscientização da importância da ligação das casas na rede de esgoto. Também solicitamos que denunciem as pessoas que despejam todo tipo de lixo e material no Rio das Ostras. Acredito que a união das pessoas e os esforços do poder público irão melhorar a condição atual do Rio das Ostras”, explicou o prefeito Fabrício Oliveira.

O diretor da Defesa Civil, Fabrício Melo, explicou que as máquinas trabalham em um dos trechos do leito do Rio das Ostras, onde havia sido feito um aterro, que prejudica a vazão da água. "Temos as licenças ambientais para fazer a remoção do aterro, o que contribuirá para redução dos alagamentos, em casa de chuvas mais fortes".



Parceiros